Clinica de hiperidroseMelhores Clínicas de Angiologia do BrasilMelhores Clínicas de Angiologia em BrasíliaTratamento do suor excessivo

O que é a Simpatectomia?

83 / 100

A simpatectomia é um procedimento cirúrgico que visa interromper a ação do sistema nervoso simpático em uma determinada região do corpo.

O sistema nervoso simpático faz parte do sistema nervoso autônomo, responsável por regular funções involuntárias do organismo, como frequência cardíaca, pressão arterial, sudorese e respiração.

Indicações da Simpatectomia:

  • Hiperidrose: Sudorese excessiva, principalmente nas mãos, axilas, face e couro cabeludo. A simpatectomia torácica é a técnica mais utilizada para tratar a hiperidrose palmar, axilar e craniofacial. (veja mais abaixo com mais detalhes sobre o tema)
  • Vasospasmo: Contração anormal dos vasos sanguíneos, podendo causar dor e isquemia (falta de suprimento sanguíneo adequado) em membros superiores ou inferiores.
  • Eritrofobia: Medo irracional de rubor facial (corar).

Tipos de Simpatectomia:

  • Simpatectomia torácica: Realizada por vídeo (cirurgia minimamente invasiva) através de duas pequenas incisões no tórax. É a técnica mais comum, utilizada principalmente para tratar a hiperidrose.
  • Simpatectomia lombar: Realizada através de uma incisão no abdômen, com secção da cadeia simpática lombar. É utilizada para tratar casos específicos de vasospasmo e eritrofobia.

Riscos e Complicações:

A simpatectomia é um procedimento cirúrgico e, como qualquer cirurgia, apresenta riscos e potenciais complicações, como sangramento, infecção, lesão de nervos e efeitos colaterais como compensação sudorípara (sudorese excessiva em outras áreas do corpo).

Considerações Importantes:

  • A simpatectomia é um procedimento irreversível.
  • A decisão de realizar a simpatectomia deve ser tomada em conjunto com o médico especialista, após uma avaliação minuciosa dos riscos e benefícios.
  • Existem outras opções terapêuticas para o tratamento das condições citadas, que devem ser discutidas e avaliadas individualmente para cada caso.

Procedimento:

  • Cirurgia
  • Minimamente invasiva
  • Torácica ou lombar
  • Irreversível

Indicações:

  • Hiperidrose
  • Vasospasmo
  • Eritrofobia

Efeitos:

  • Interrompe ação do sistema nervoso simpático
  • Reduz sudorese
  • Melhora fluxo sanguíneo
  • Diminui dor

Riscos e Complicações:

  • Sangramento
  • Infecção
  • Lesão de nervos
  • Compensação sudorípara

Outras Opções Terapêuticas:

  • Antitranspirantes
  • Medicamentos
  • Terapia

Especialista:

  • Cirurgião torácico
  • Cirurgião vascular
  • Neurocirurgião

Avaliação:

  • Minuciosa
  • Individualizada
  • Riscos e benefícios

Entenda com mais detalhes o que é a Hiperhidrose a Sudorese Excessiva

O que é Hiperidrose?

A hiperidrose é uma condição caracterizada pela sudorese excessiva, que pode ocorrer em todo o corpo (hiperidrose generalizada) ou em regiões específicas, como axilas, palmas das mãos, plantas dos pés, rosto e couro cabeludo (hiperidrose focal).

Causas da Hiperidrose:

  • Fatores Primários:
    • Idiopática (causa desconhecida): Mais comum, geralmente afeta axilas, palmas das mãos e plantas dos pés.
    • Genética: Predisposição familiar em alguns casos.
  • Fatores Secundários:
    • Doenças (ex: hipertireoidismo, diabetes, doenças neurológicas).
    • Medicamentos (ex: antidepressivos, analgésicos).
    • Infecções.
    • Ansiedade e estresse.

Sintomas da Hiperidrose:

  • Sudorese excessiva, mesmo em temperaturas amenas ou em repouso.
  • Roupas e calçados úmidos.
  • Odor corporal intenso.
  • Dificuldades no trabalho e nas atividades sociais.
  • Inibição social e constrangimento.

Diagnóstico da Hiperidrose:

  • Avaliação médica: Histórico de saúde, exame físico e testes para descartar causas secundárias.
  • Teste de suor quantitativo: Mede a quantidade de suor produzida em uma área específica da pele.
  • Outros testes: Exames de sangue, ultrassom, tomografia computadorizada.

Tratamento da Hiperidrose:

  • Medidas Gerais:
    • Roupas leves e respiráveis.
    • Antitranspirantes tópicos (com ou sem receita médica).
    • Iontoforese (corrente elétrica para reduzir a produção de suor).
  • Medicamentos:
    • Anticolinérgicos (controlam a sudorese, mas podem ter efeitos colaterais).
    • Beta-bloqueadores (reduzem a ansiedade e a sudorese).
  • Cirurgia:
    • Simpatectomia (bloqueio do sistema nervoso simpático, último recurso).

Impacto na Qualidade de Vida:

A hiperidrose pode ter um impacto significativo na qualidade de vida do indivíduo, causando constrangimento, inibição social, ansiedade e até depressão. O tratamento adequado pode melhorar significativamente a qualidade de vida e o bem-estar do paciente.

Lembre-se:

  • A hiperidrose é uma condição tratável.
  • Consulte um médico para o diagnóstico e tratamento adequados.

Para mais informações:

  • Sociedade Brasileira de Dermatologia

Palavras-Chave Importantes sobre Hiperidrose:

  • Sudorese excessiva
  • Axilas, palmas das mãos, plantas dos pés, rosto, couro cabeludo
  • Primária (idiopática, genética) ou secundária (doenças, medicamentos)
  • Constrangimento, inibição social, ansiedade, depressão
  • Antitranspirantes, iontoforese, medicamentos, cirurgia
  • Qualidade de vida
  • Diagnóstico e tratamento médico

Informações Adicionais:

  • Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica
  • Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular:
  • Sociedade Brasileira de Neurocirurgia:

Lembre-se: Este texto não substitui o aconselhamento médico profissional. Sempre consulte o seu médico para diagnósticos e tratamentos específicos.

admin_saude-az

Portal Saúde AZ EAT Nós do… More »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo